03 agosto 2014

Pretty Hurts "A beleza Machuca"

E aí, beleza!

Oi pessoal, tudo bem com vocês? Nem sei como começar esse post, por quê o assunto de hoje é polêmico, e por mais que eu lute contra isso não posso ser hipócrita de fala que não tenho o mesmo pensamento. Beyoncé lançou uma musica a um tempinho atrás e ela não sai da minha cabeça, então resolvi falar sobre ela, e mais importante ainda o tema abordado. A musica fala sobre a beleza que a sociedade nós impõe, o que é aceitável ou não.
Apesar de todo essa campanha para as pessoas se aceitarem como elas realmente são, acabamos por nos deixar influenciar por padrão pré estabelecido, e que para algumas pessoas isso essa "diferença" acaba destruindo toda uma vida, eu vejo isso constantemente no meu dia a dia essa "separação' do que é bonito e certo, trabalho no RH de uma empresa e diariamente julgo e sou julgada pelas aparências e isso nunca ficou tão claro como agora, na faculdade muitos professores ensinam que os primeiros 05 minutos irão fazer que você tenha um emprego ou não, e isso se apenas as aparências e pré julgamentos.


Estar acima do peso, ser negra, ter cabelos cacheados ou crespo, ou cabelos coloridos, mulheres que não usam salto, isso parece comum para muitos até mesmo para mim, já presenciei casos horríveis de preconceito, que essa coisas pequenas e simples citadas a cima. É bom ter vaidade é ótimo se cuidar, mas vamos fazer isso com prazer, e cultivar o pensamento que isso não é mais importante que o caráter das pessoas. Pode parecer clichê, por que falo de beleza, posto coisas sobre maquiagens, roupas e sapatos mas sinceramente isso não é o mais importante em nossas vidas, tudo isso vai acabar e o que vai restar é o que somos realmente.

Fiquem com Deus a até daqui a pouco!

Comente com o Facebook:

12 comentários:

  1. Oi Paula, as questões que você levantou são muito importantes, eu mesma sou julgada diversas vezes por não usar maquiagem.
    Mas eu me pergunto até que ponto pessoas como a Beoncé podem lançar essa onda de "ame a vc mesmo do jeito que é" já que ela é uma dentre poucas outras mulheres que ditam o que é certo e o que é errado, o que é bonito e o que é feio. Lembro inclusive que logo no início da carreira (acho que ainda era no lançamento do primeiro cd) ela deu uma entrevista dizendo que para se manter no peso fazia uma dieta com pimenta, vinagre e água com sal! Depois veio uma enxurrada de médicos e nutricionistas dizer o óbvio "não é assim que se perde peso".
    Em fim, gostei da sua discussão!

    Bzus,
    BC
    www.miniquiteria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela prega isso que devemos nos aceitar e não seguir padrões e isso pode ser dela ou até mesmo de uma campanha de marketing, quando falamos de artistas dificilmente conseguimos separar a pessoa do personagem, acho super bacana a intenção dela, mas em revistas de "mulherzinha" sempre tem uma dieta que ela faz, ou algum método para "melhorar " os cabelos e até mesmo produtos para clarear a pele, a um bom tempo atrás ela também foi acusada de clarear a pele para se enquadrar e ser aceita aos padrões americanos (especulações). Isso é assunto para muita conversa viu, adorei seu posicionamento... Beijos!

      Excluir
  2. Concordo com você. Já sofri muito para me encaixar nos padrões de beleza, horas na cabeleireira para alisar o cabelo por que todo mundo me falava que eu tinha que ter o cabelo liso, dietas malucas e restritivas para perder alguns quilos, e vários outros absurdos em nome da beleza. Hoje me senoi mais segura, não deixei de me cuidar mas só faço coisas que me deixem bem o mais importante é estar bem de dentro para fora. Como você disse o mais importante é o caráter. Bjus
    BC Orquídea Negra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já passei muito por isso também, ficar horas no cabeleireiro fazia parte da minha rotina mensal, agora sou bem mais sossegada! Beijos

      Excluir
  3. Oi Paula, tudo bem? O assunto é mesmo polêmico. Eu não escutei essa música ainda, mas acho que já passou da hora dos padrões da sociedade serem modificados, ou melhor, não tem que haver padrões! Somos tão diferentes, é impossível querer enquadrar todo mundo em um único molde! Claro que é ótimo se cuidar, mas temos que fazer isso por nós mesmos né... e não porque e como a revista disse!

    Adorei o post!!

    Beijos,

    Mari
    cantinhodeleituradamari.blogspot.com.br

    BC

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mari tudo bem sim, e é isso mesmo devemos mudar apenas por nós! Beijos

      Excluir
  4. Ela é um estouro de mulher, linda, simpática, canta muito e todas as suas musicas viram hits!!

    Beijinhos
    BC www.serleitora.com.br

    ResponderExcluir
  5. Ja tinha visto esse clip, acho ele muito profundo, um dos melhores da diva Beyonce.

    Beeijos, ♥

    http://www.paaradateen.com
    http://www.facebook.com/PAARADATEEN
    INSTAGRAM: @luannaandrade_

    ResponderExcluir
  6. Bom, não seguir ou não estar inclusa no "padrão de beleza", te faz ser julgada por muitos... O assunto é bem polêmico, mas, infelizmente, a realidade. A mídia faz com que mulheres se transformem em outra pessoa para seguir esse padrão... Quantas já não morreram ou não deu certo cirurgias plásticas ou lipo?
    Já vi esse clipe da diva e achei muito interessante!!
    Bjos

    BC http://thediaryofkarol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, esses casos são tão comuns que as pessoas acham normal, mas é um assunto a se refletir! Beijos

      Excluir

Oi gostou do post? Escreva aqui sua opinião o duvida terei o maio prazer de te responder!!! Beijos....

© Paula Ribeiro - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Design Divino.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo