12 dezembro 2014

Cultivando Relacionamentos

Reaprendendo a conviver!

Oi pessoal, tudo bem? Gente como assim, a pessoa some não da noticia, blog parado sim essa sou eu! As vezes eu surto mesmo não faço nada além de comer e dormir, e lógico trabalhar por que é necessário afinal  as contas só chegam né...
Bom pensando nisso tudo percebi que eu não tenho facilidade de manter relacionamentos, aí você se pergunta. Paula como assim, você namora a mesma pessoa a 07 anos? E eu te digo ele é meu príncipe, para me aturar só pode! Hoje vamos conversar sobre relacionamentos e algumas coisas que faço e talvez você também faça e devemos mudar.


A primeira vista, normalmente as pessoas me acham chata, metida e brava antes de realmente me conhecer, e um dos meus defeitos é não tentar mudar essa opinião, tenho comigo que se a pessoa tiver consciência ela ira ver como eu sou realmente e vai passar por cima dos paradigmas. Isso é uma das coisas que estou tentando mudar já que nem todas as pessoas tem essa visão, de passar por cima de um pré conceito, e que as vezes tenho que me esforçar um pouquinho para que elas enxergue além, mesmo que lá no fundo fico com aquela pensamento de enganação.
Mantenha-se por perto, sabe mandar aquele oi as vezes, perguntar como a pessoa está, sei lá pode até ser sinal de fumaça, mas não se distancia das pessoas que você acha importante, o tempo e a distancia muitas vezes destrói relacionamentos é como no tempo de escola ou faculdade, com certeza você tem aquela pessoa que era seu  best, que você pensava seremos amigos para sempre, tipo alma gêmea mesmo, mas com a distancia, correria do dia a dia e a falta daquela conversinha, fez com que tudo ficasse só nas lembranças.
Se doe, sim isso mesmo, não custa nada nós ajudarmos aquela pessoa que esta passando por um momento dificil, e ela nem precisa ser nosso melhor amigo nem nada, pode até ser só um conhecido, garanto que nos fará muito bem!


Sim as vezes ficar quieto é a melhor opção,  se você é como eu que, muitas vezes fala o que pensa, e tem uma personalidade forte, em alguns momentos não falar nada e só escutar poderá te ajudar muito, nem sempre as pessoas tem que ouvir tudo o que você tem a dizer, pode soar desnecessário e  magoar.
Nem todos são iguais, sei que não é novidade, mas isso é uma grande dificuldade que tenho e pode frustrar, a pessoa ao teu lado, temos que ter a noção que só por que eu faço, não quer dizer que a pessoa também irá fazer ou ter a mesma postura, cada pessoa tem seu limite e princípios.
Isso tudo que escrevi são as minhas experiências, são coisas que ainda faço mas estou tentado mudar e não pense que esse post é por que o natal está chegando, não gosto desse blá blá de mudar por que um novo ano vai começar,  isso devemos fazer o ano todo é uma coisa pessoal, para sermos uma pessoa melhor, eu sou muito observadora e vejo muitas discussões desnecessárias, ofensas gratuitas, devemos entender mais as pessoas, o mundo está dificil e complicado de se viver e tudo isso é nós que causamos. Sei lá eu espero muito tocar alguma pessoa com este post por que vejo muita coisa negativa principalmente na internet.

Os pensamentos foram vindo, e eu fui escrevendo, nada formal! Se você quer conversar mais me siga no Instagram @paularibeiromoda ou vem conversar comigo no Facebook Paula Ribeiro Blog.

Fiquem com Deus e até daqui a pouco!

Comente com o Facebook:

10 comentários:

  1. Paula, eu super me identifico e ainda tenho o agravante de ser muito, muito, muito introspectiva! Eu tenho tentado manter contato com pessoas que gosto, mesmo que não sejam amigas mesmo, mas quando não retornam, me ignoram e etc eu fico magoada muito facilmente e acabo guardando o rancor e me distanciando, sem nem ouvir a justificativa.

    Tenho também tentado ser menos faladora, mais ouvinte. Acho que assim eu erro menos :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não sou de guardar magoa, tem que ser uma coisa muito grave para que eu fique magoada com as pessoas, mas não tenho a facilidade chegar nos lugares e fazer amizade com todo mundo! Beijos

      Excluir
  2. Me identifiquei com o inicinho do texto, todo mundo me acha brava e metida antes de me conhecer pessoalmente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é tão engraçado né Eliza, eu sou uma tonta super palhaça, gosto de fazer brincadeiras com quem eu já tenho certa intimidade, acho que todo mundo sobre com isso um pouco! Beijos

      Excluir
  3. Pelo visto tens o mesmo pensamento que o meu, e isso é bom? certo? acho que sim rs.
    A primeira vista muita gente me acha metida, tenho amigas hoje que antes não gostavam nada de mim. Elas mesmo chegaram e falaram que se não me conhece-sem continuaria a pensar que eu era chata e metida. Enfim, mais fazer o que né? rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, super bom, e é sim Vivi fazer o que né, eu estou querendo dar uma mudada mas nada radical para que eu não saia fora da minha personalidade! Beijos

      Excluir
  4. Concordo contigo, mudar só por que um novo ano vai começar não adianta, tem que ser sempre.
    Sou uma pessoa que se importa pouco com a opinião alheia sobre mim, acho que isso é uma qualidade rs
    Acho essas dicas ótimas, acho um máximo quando uma amiga minha da escola vem falar comigo quando menos espero para conversarmos <3
    Procurar ajudar é uma coisa que faço sempre, seja em um assunto que eu conheço pouco ou muito, acho que todos deveriam fazer um pouco disso, tornaria o mundo um pouco melhor com certeza!
    Enfim, seus posts são sempre inspiradores :)
    Bjbj ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O May que bom que gostou, você é o tipo de pessoas que se eu encontrar um dia vou ficar horas conversando! Beijos

      Excluir
  5. Oie lindona,tudo bem? as vezes eu também gosto de sumir um pouquinho rsrs
    Tipo comer e dormir rsrsr
    Adorei o post lindona!
    Super beijooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre faz bem mesmo, acho que todo mundo precisa disso um pouco! Beijos

      Excluir

Oi gostou do post? Escreva aqui sua opinião o duvida terei o maio prazer de te responder!!! Beijos....

© Paula Ribeiro - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Design Divino.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo