10 abril 2015

Ghosts por Sebastian Palmer

"Fantasmas entre nós"

Oi pessoal, tudo bem? Hoje o papo é mais sério, mas necessário recentemente eu li uma reportagem sobre um fotografo inglês Sebastian Palmer que tem um projeto chamado "GHOSTS" onde explicando de forma bem simples ele tenta "humanizar" os usuários de drogas, as fotos são feitas em um fundo neutro e em um formato 3x4. Depois de ler essa reportagem eu fiquei pensando no assunto, por ele ser "batido" e até mesmo comum não vejo mais as pessoas falando sobre isso, agora quando alguém fala de drogas é uma coisa normal, como dizem é "cool".


E para quem convivi com isso não é normal, não é fácil de se conviver, eu tenho amizades com pessoas que usam moderadamente, que aparentemente tem o controle da situação, mas tenho caso de outra que é da minha família que simplesmente você não consegue ter uma conversa saudável com a pessoa nunca, e quando eu digo nunca não é exagero. Isso é triste por que quem está a volta, quem convive com a pessoa digo na questão familiar não amigo, aquela pessoa que está junto com o usuário dia e noite, não sabe, não tem reação sobre como proceder, sobre como agir.


E isso faz com que os usuários fiquem sem apoio, e que cada vez mais a situação piore, eu acredito muito que a destruição é do usuário e das pessoas envolta, pois a estrutura familiar fica abalada e até mesmo em alguns casos destruído. E acho que o nome do projeto não poderia ser mais verdadeiro, pois essas pessoas realmente se transformam em fantasmas, eles começam a passar despercebidos pela sociedade e isso não pode acontecer. Vocês compartilham da mesma ideia que eu?


Antes os projetos de apoio, eram poucos, mas bem divulgados, mas o que eu vejo agora é só o silencio o que acaba piorando os casos, as pessoas quando estão passando por essa situação não tem o "click" de procurar alguma ajuda, normalmente isso tem que ser mostrado a ela, até mesmo para que ela enxergue uma solução para toda a situação.


Bom eu queria compartilhar um pouco sobre o que penso e vivo, por que afinal o mundo não é feito só de roupas e produtos de beleza, e se você chegou agora aqui no blog está pensando nossa que assunto chato ou até "nada haver", quando eu criei o blog foi com esse intuito de postar o que eu gosto, o que eu vivo e acho interessante, se de alguma forma eu conseguir tocar alguém ou até mesmo ajudar alguém vou ficar muito feliz. Não quero só falar de coisas boas por que infelizmente a vida de ninguém é feita só de coisas boas, e conversar, se expressar faz um bem danado!
As fotos usada neste post são do fotografo inglês, que apesar da tristeza que vejo nelas, eu consigo ver toda a arte que ele quis mostrar e sim ele conseguiu com maestria humanizar essas pessoas esquecidas por nós.
Se você quiser conversar um pouco mais comigo é dar um like na fanpage Paula Ribeiro Blog e aproveita e segue o Instagram do blog @paularibeiromoda sempre estou online e vou adorar conversar um pouco mais com vocês.

Um beijo e fiquem com Deus!

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Realmente o assunto esta banalizado, esquecido.Quem nunca passou pela situação de ter um familiar usuário de drogas pode agradecer mais uma vez a Deus, pq não é nada fácil ver alguém próximo a você cair num abismo sem fim.
    Só Deus para dar forças e manter a família de pé. Posts assim são muito importantes Paula, parabéns eu gostei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As vezes que não tem contato com usuários fica até alienado sobre o assunto, pela falta de informação e com a religião ou crença independente de qual seja, ajuda muito! Beijos

      Excluir
  2. Oi Paula tdo bem amore, puxa eu penso o quanto é dificil para os familiares lidarem com este tipo de problemas quando o jovem não tem mais controle de si mesmo e entrega totalmente as drogas, eu agradeço muito a Deus por não termos ninguém na família que tenha este problema, mas tbm sempre peço para que ele dê força aos familiares de usuarios para poderem lutar contra este mal!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani, tudo bem sim! Fico feliz em saber que você não tem alguém próximo passando por essa situação, as vezes acho impossível isso acontecer, mas com certeza força para lutar e esperança que as coisas irão melhorar são imprescindíveis para que continuemos! Beijos

      Excluir

Oi gostou do post? Escreva aqui sua opinião o duvida terei o maio prazer de te responder!!! Beijos....

© Paula Ribeiro - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Design Divino.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo